sábado, 7 de abril de 2012

Musa






Reverso?
Anverso?
E por pensar
demais
eu me disperso.
Desconverso,
em devaneios
submerso.
Perdido em teu
universo.
A procurar em
teus detalhes,
a nascente,
dos meus
versos!

2 comentários:

varandasazuis (ania n. lepp) disse...

Passeei por seus escritos e me encantei com tanta sensibilidade e talento. Grata por deitar seu olhar em minhas varandas azuis e lá deixar seu carinho, dando-me assim, oportunidade de conhecer seu lindo e inspirado blog.
Um abraço com desejos de um final de semana de muitas alegrias prá vc!

Serpente Angel disse...

Sintonia.

Sim, eu gosto das tuas poesias.

Um beijo.